A maioria das vezes procuramos fora o que na verdade devemos fazer interiormente. A sensação de paz é uma delas. Não existe paz fora de nós. A paz só pode ser evocada dentro.

Quem não deseja entrar em conflito, não entra. Assim dizem vários dos nossos ditados. Mas será que conseguimos colocar isso em prática? É comum nos abalarmos com atitudes alheias pois as pessoas de nosso convívio atuam como espelhos. Tudo o que nos incomoda fora, na verdade é uma característica nossa que necessita ser trabalhada e desenvolvida. Dessa forma quando realizamos crítica ou julgamento apenas estamos contemplando nuances da nossa própria personalidade.

Contudo, a grande cilada deste comportamento julgador, é que quando condenamos algo, trazemos esse algo para nossa realidade. Se você condenar alguma coisa, passa a mensagem para o seu corpo que a condenação é boa. Dessa forma, a vida dá um jeitinho de trazer aquilo para você. E daí vem aquele outro ditadinho popular: “nunca diga nunca”. Pense agora, por esse minuto, quantas vezes você falou “eu nunca…” e depois aconteceu de você estar fazendo o tal “nunca”? Ah, pois é. É a vida te trazendo o que você determinou.

Trazer esse conhecimento para a consciência é fundamental para sermos de fato gestores de nossa própria realidade. Dessa forma, evocar a paz e senti-la, no corpo, auxilia a realizar todos os demais objetivos de vida.

Quer fazer a experiência? Siga essa breve meditação: vá para um ambiente em que não será perturbado. Sente-se ou deite-se confortavelmente. Preste atenção na respiração, sem forçar a respiração. Sinta apenas o ar entrando e saindo do corpo. Concentre-se em aproximadamente umas vinte respirações. Somente com a atenção voltada para “ar entrando, ar saindo”. Após esse breve relaxamento, mentalize no corpo a palavra “paz”. E sinta que essa palavra mentalizada sai da cabeça e espalha-se pelo corpo, pelas coxas. Mentalize novamente “eu estou em paz agora”. Usufrua da sensação de paz.

Sentiu? Qual a sensação no corpo quando fez essa experiência? Nada mudou lá fora. As coisas continuaram sendo o que são, mas interiormente você se colocou na paz. Esse é o nosso poder: estar onde nos colocamos. Ponha-se na paz, no amor, na fraternidade, onde quiser. Mas não seja ingênuo de pensar que só nos colocamos em lugares bons. A angústia, a ansiedade, o medo ou qualquer sensação negativa que está aí dentro, foi você quem pôs também. A boa notícia é que podemos retirar o que não nos favorece e colocar sensações melhores no lugar. O poder é todo seu. Quem vai sentir o benefício também é só você, então pratique e se dê esse presente.

error: