Inveja é um sentimento que todos têm vergonha de admitir que sentem de vez em quando. E pelo menos uma vez na vida, esse nefasto sentimento é experimentado dos dois lados. É muito comum passarmos por experiências de invejar algo ou ser alvo de inveja. Como lidar com isso?

Quando temos inveja, sentimos desgosto por não estar na situação do outro. Nota-se uma sensação de inferioridade diante do objeto invejado. Parece tão fácil do outro conseguir algo que pensamos ser muito distante da nossa realidade. Por que sentimos isso?

A inveja é um alerta do nosso corpo para prestarmos atenção em alguma coisa que já temos capacidade de realizar, mas por preguiça, indisposição ou insegurança não damos continuidade. Sempre que você se pegar em um momento que inveja algo, lembre-se disso: você também já pode viver isso. Só depende da sua boa vontade conquistar aquilo que sua realidade já pode realizar.

Contudo, é bem mais cômodo para o vitimista não se responsabilizar por nada na sua vida e jogar a culpa das suas responsabilidades para as pessoas a sua volta. Não faça mais isso. Sempre que você sente “mal”, é o mal atuando em sua vida. Inveja é um jeito de expressar o mal-estar. Pare agora mesmo, caso esteja sofrendo com isso. Olhe para o objeto de inveja e perceba que você também pode realizá-lo, basta se organizar e colocar em prática o seu melhor.

Deixe de lado toda a sensação de insegurança e de inferioridade. Levante-se e veja a sua real altura. Você tem poderes ilimitados para concretizar tudo o que a sua alma deseja. É na alma que a verdadeira satisfação está. Separe o que é pensa-pensa da cabeça, que só gera o “quero isso, quero aquilo”, mas que não satisfaz realmente, do que é a satisfação legítima da alma. Quando a sua alma flui, você sente no peito. Uma expansão na região do coração, que aquece e completa. É ali que você deve prestar atenção e direcionar suas ações.

E se você está do outro lado, e sofre com a inveja de alguém, não tema. Nada que vem de fora pode penetrar na sua energia sem autorização da sua consciência. Se algo ruim aconteceu quando alguém o invejou é porque você está dando muito poder para as pessoas de fora e nenhum poder para você. Caso a inveja fosse forte, não existiriam pessoas de sucesso, já que todos podem ser visados de muitas formas. A inveja só chegará a você, se você a apoiar. Não dê crédito para essa mesquinhez.

Fique sempre do seu lado e entenda que cada pessoa é o que pode ser. Algumas pessoas são capazes de fazer muito por si, mas preferem não fazê-lo e invejar os outros. Está tudo certo. Cada um está no seu caminho. Escolha não fazer parte dessa energia, não se impressionando com isso. Ao perceber que foi alvo de inveja, direcione energia produtiva para quem lhe enviou isso. Diga: “você certamente é capaz de fazer ainda melhor, está na cara!” E não traga para sua realidade a sensação de “perigo”, pois isso não passa de ilusão.

Viva no bem, fazendo o bem. Principalmente para si mesmo. Não entre na energia de inveja de ninguém, e não espalhe essa mesquinhez invejando os outros. Agora você já sabe que a inveja é apenas um alerta do seu poder que não está em uso. Coloque o seu melhor no dia-a-dia e viva plenamente cada momento. Do seu jeito, no seu melhor.

error: